Aryeh Kaplan

Rabino Aryeh Kaplan foi um pensador e escritor prolífico e é mais conhecido por suas traduções da Torá, escritos sobre a Cabalá e textos introdutórios sobre crenças e filosofia judaicas. Físico de formação, foi definido como um homerm que “viu a harmonia entre a ciência e o judaísmo, onde muitos outros viram o contrário e que apresentou idéias e hipóteses originais, ancorando-as o tempo todo em obras clássicas da literatura rabínica”.

 

Jonathan Sacks

Lord Jonathan Sacks, ex rabino chefe do Reino Unido - Congregações Hebraicas Unidas da Commonwealth - cargo que ocupou por 22 anos, premiado e autor de mais de 29 livros, falecido em 07/11/2020.

 

Maimônides

Maimônides, também conhecido pelo acrônimo Rambam foi a figura central intelectual pós judaísmo medieval e hoje é a 2ª autoridade no que diz respeito à Lei dada a Moisés no Sinai. Sua profícua obra é Yesod Cabalá (pedra fundamental na tradição judaica). Sua Mischné Torá (Recapitulação da Lei) de quatorze volumes ainda carrega significativa autoridade canônica como uma grande obra de decodificação de lei talmúdica. Conhecido por alguns como A Grande Águia (ha-nesher ha-gadol), em reconhecimento ao seu excepcional expoente fidedigno no que diz respeito à Torá oral e leis judaicas em geral. é também uma figura muito proeminente na história das ciências islâmicas e arábica.

Maria Luiza Tucci Carneiro

Graduada em História pela USP, com Mestrado em Estudos Sociais pela PUC-SP  e Mestrado e Doutorado em História Social pela USP, a pesquisadora e historiadora Maria Luiza Tucci Carneiro, é coordenadora do LEER- Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação, junto ao Depto de História da USP, onde desenvolve o projeto Arqshoah, e entrevistou e registrou a vida de inúmeros sobreviventes do holocausto e da perseguição do nazifascismo. É autora de mais de 15 livros nos temas: holocausto, autoritarismo, antissemitismo e memória. 

Rabino Y. David Weitman

Rabino Y. David Weitman frequentou academias talmúdicas em Israel e na França, vindo a se formar rabino pela Yeshivá Central Tomchei Temimim de Nova York. Atua como Rabino-Chefe na Sinagoga Beit Yaacov da Congregação e Beneficência Sefardi Paulista e é também autor dos livros “Bandeirantes Espirituais do Brasil” e "A Arte de Ser Mais Gente".

Rabino Simon Jacobson

Rabino Simon Jacobson é fundador do The Meaningful Life Centre em Nova York e editor do semanário The Algemeiner Journal. Na década de 1970, formou e dirigiu uma equipe de estudiosos que memorizou e transcreveu palestras inteiras dadas pelo Rebe durante o shabat e feriados (quando a escrita e a gravação em fita não são permitidas pela lei judaica). Foram mais de mil palestras do Rebe publicadas.

Gershon Knispel

Um dos maiores representantes do mundo do Realismo Socialista nas artes plásticas, Knispel nasceu na Alemanha, e dividiu sua vida entre Israel, Palestina e Brasil, onde veio viver após vencer um concurso para o design da antena da TV Tupi.

Aqui, conheceu o arquiteto Oscar Niemayer, com quem desenvolveu uma longa amizade e parceria profissional.

Falecido em 1919

Rabino Dovber Pinson

Rabino Dovber Pinson é um estudioso de renome mundial, autor, cabalista e um mestre nos aspectos revelados e ocultos da Torá e é amplamente reconhecido como uma das maiores autoridades na autêntica Cabalá.Vive atualmente no Brooklyn, New York, onde é Rosh Yeshivá do Yeshivá Iyyun, um centro de aprendizagem para adultos e também fundador do Centro Iyyun, um centro de espiritualidade judaica.

Rabino Laibl Wolf

Rabino Laibl Wolf é um mentor espiritual e um professor mundial do lado místico do judaísmo. Embora retire seus ensinamentos dos textos esotéricos e criptografados de 4.000 anos da Cabalá, consegue tornar modernas e progressivas, as lições que facilitam o crescimento do espírito interior de qualquer pessoa em uma sociedade tecnologicamente orientada. 

Moisés Chayim Luzzatto

Moisés Chayyim Luzzatto, o Ramhal ou Ramchal (Pádua, c. 1707 - Acre, Israel, 6 de maio de 1747) foi um cabalista, escritor de obras éticas, retórico e lógico. Um século depois de sua morte, os escritores hebreus da Haskalah, a expressão judaica do Iluminismo, redescobriram os escritos seculares de Luzatto e o consideraram o fundador da literatura hebraica moderna. 

Michel Gordon

Físico e Mestre em Ciências pela USP e Mestre em Islamismo e Oriente Médio pela Universidade de Jerusalém, Michel Gordon visitou praticamente todos os países de maioria muçulmana do Oriente Médio e da África para fotografar sinagogas e outros resquícios da herança do judaísmo na região. Publicou também ‘My Tehran, Your Tehran‘ com a fotógrafa iraniana Sormeh Nikoo.

Rabino Menachem Mendel Schneerson

O Movimento Chabad-Lubavitch   nasceu na Rússia e a linhagem dinástica dos líderes de Lubavitch iniciou-se no século 18, com seu fundador, o Rabino Shneur Zalman. Seu sétimo e último sucessor, Rabino Menachem Mendel Schneerson (1902-1994), ficou conhecido no mundo todo simplesmente como O Rebe. Seu trabalho foi inteiramente direcionado em trazer o judaísmo para os judeus, onde quer que eles estivessem e foi a primeira pessoa em toda a história a tentar alcançar todas as comunidades judaicas, no mundo inteiro. Ele supervisionou a construção de escolas, centros comunitários e acampamentos juvenis e criou uma rede global de emissários, conhecida como Shluchim. Todos os domingos o Rebe costumava receber e abençoar as vastas multidões que vinham buscar as suas palavras de sabedoria e bênção. Sempre focado na caridade, a cada uma das milhares de pessoas, judeus e não judeus, que o procuravam, entregava uma nota de um dólar para ser doada a uma instituição beneficente à escolha da pessoa.

Luiz Rampazzo

Fotógrafo profissional desde 1993, atua nas áreas publicitária, editorial e corporativa. Seu trabalho une estética, técnica apurada e criatividade dentro de uma proposta conceitual e dinâmica. É também curador do Memorial do Holocausto de São Paulo e Diretor executivo na Special Books Brasil.

Márcio Pitiliuk

Márcio Pitliuk é publicitário, escritor, diretor de cinema e palestrante. Já realizou dois longas-metragens, três curtas, 13 livros e dezenas de palestras. É um profundo conhecedor da II Guerra Mundial e um dos maiores especialistas brasileiros do Holocausto. 

Rachel Mizrahi

Socióloga e historiadora formada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de S. Paulo, mestre e doutora em História Social pelo Departamento de História da mesma universidade. Coordenadora da equipe de História Oral do Núcleo de Estudos Arqshoah do Laboratório de Estudos sobre a Etnicidade, Racismo e Discriminação (LEER) do Departamento de História (FFLCH-USP). Professora aposentada do ensino público estadual e professora do curso Maturidade na Universidade Católica de S. Paulo. Autora dos livros: Miguel Telles da Costa, o capitão-mor judaizante de Paraty (Maayanot, 2016); Do mascate ao empreendedor – Uma família da antiga Mooca (2008); Imigrantes judeus do Oriente Médio – S. Paulo e Rio de Janeiro (Ateliê Editorial, 2000); Lembranças... presente do passado (Hebraica, 1985). Possui ainda artigos publicados em revistas nacionais e estrangeiras sobre a Inquisição e imigrantes judeus no Brasil e foi responsável pela organização do II Congresso Sefaradi de S. Paulo em 2001.

Rabino Abraham J. Twerski

Descendente de ilustres linhagens chassídicas, exerceu a função de rabino até 1959, quando se formou como médico psiquiatra.  Reconhecido como autoridade na dependência química, é detentor de três títulos honoríficos e autor de mais de trinta obras. A Maayanot publicou: “Vencedores Viciados; o vício não escolhe vítimas” e “O Eu espiritual; reflexões sobre recuperação e D’us”.

Akiva Tatz

Rabino e médico, nasceu na África do Sul. É conferencista internacional em filosofia judaica e ética médica.

Seu primeiro livro “Anatomia de uma busca” documenta as histórias dramáticas e pessoais de jovens que mudam do estilo de vida secular para o mundo de observância do Judaísmo. Também autor de “Jovem e Judeu hoje”, a Maayanot publicou seus livros “Viver com Inspiração” e “Máscara do Mundo”

Bernardo Kliksberg

Bernardo Kliksberg, nascido em 1940, doutor em economia e administração, formado pela Universidade de Buenos Aires. Assessor de diversos organismos internacionais, entre os quais BID, Unesco e Unicef. Autor de diversos livros A Maayanot publicou seus livros: “A justiça social; uma visão judaica” e “Einstein: humanismo e judaísmo”.

Chaim Eliav

Nascido na Bélgica em 1936, Moshe Grylak (adotando o pseudônimo de Chaim Eliav) imigrou aos 9 anos para Israel, onde estudou nos seminários rabínicos Col Torá, em Jerusalém, e Ponowicz, em Bene Brac.

Educador de renome foi enviado pela Agência Judaica a S. Paulo em 1966, onde trabalhou como professor no Colégio Iavne Beit Chinuch até 1970. De volta a Israel, atuou como redator chefe de diversas publicações. Autor de doze livros, grande parte de sua obra já foi traduzida para o inglês, francês, yidish e espanhol.

A Maayanot publicou: “Entre as teias da Aranha”  e “Dom Carlos de Lisboa”.

Jacob Immanuel Schochet

Autoridade em filosofia e mística judaica e chassídica Chabad. Palestrante internacional, autor de vários livros traduzidos para o hebraico, francês, italiano, espanhol e português. É membro do Comitê executivo da Aliança Rabínica da América.  A Maayanot publicou: “A Tradição Mística – dimensão mística – volume 1”.

Adin Even Yisrael (Steinsaltz)

Nascido em Jerusalém é professor, filósofo, crítico social e autor. Estudou física e química e aos 24 anos tornou-se o diretor de escola mais jovem de Israel. Em 1965 iniciou a tradução do Talmud para o hebraico, com comentários. Maayanot publicou sua obra clássica sobre Cabalá: “A Rosa de Treze Pétalas: introdução à Cabalá e a Fé Judaica”, bem como “Teshuvá: um guia para o jovem recém-praticante”.